Céu Azul

Olhos alheios
Pele oleadas
Lágrimas

Ordens constantes
Palavras conspurcadas
Sujeira na Boca
Depois de anos ouvindo mentiras

Verdade dói
Corpo sente compressão
Coração aperta
Futuro incerto
Porque só se deve viver o presente

Mãos abertas
Olhos abertos
Bocas abertas
Corpo aberto
Todos à espera de um presente

Céu Azul !


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aurora

Maus Encontros

A violência do Amor